Dia a dia

Caminho para Cochabamba

14 de June de 2013
miniatura_Cochabamba

Saímos 8h45 da AFASI sentido a Cochabamba, são aproximadamente 400km até lá, mas como já conhecemos um pouco das estradas da Bolivia, sabemos que a relação distância X tempo não e a mesma que nós conhecemos do Brasil. Antes de pegar a estrada de fato, paramos para abastecer com nosso galão no Surtidor La Esquina, eram 9:30 quando partimos de vez de Warnes. Seguimos sentido a cidade de Montero, e demoramos a encontrar alguma placa que falasse de Cochabamba, seguimos o mapa, mas não sabíamos se estávamo certos, já que o mapa não mostra o detalhe do caminho. Ainda bem que o Marcos tem uma boa noção e um bom palpite para caminhos quando estamos um pouco perdidos. Para não andar muito sem destino paramos para perguntar se estávamos no sentido certo e vualá, estávamos. 

Estrada para Cochabamba

Opções de barraquinhas para almoço

Na estrada não há muitos lugares onde para para usar o banheiro ou algo mais agradável para fazer um almoço, então a soluçao para o primeiro foi o matinho mesmo e para o almoço acabamos encostando em uma barraquinha, das muitas que tem no caminho, e compramos um salgado, tipo um pastel de queijo e vento, que por sinal estava delicioso. Logo no primeiro pedágio fomos parados pelos exército, eu já tinha me esquecido de como era… desce do carro, abre porta, abre caixa, e tudo na maior educação. Dessa vez, além disso eles nos pediram para ver 3 coisas, o extintor, o triângulo e um terceiro que nós não entendemos o que era e o cara não soube nos explicar, ai ele desistiu de cobrar esse item. Ufa!

Pedágio

Pedágios no caminho. Neste não fomos parados.

Seguimos viagem e passamos por mais dois pedágios. A estrada não é das piores, na verdade ela tem muitas curvas, partes sem asfalto e muitos, mas muito caminhões pesados. Mesmo com tudo isso a estrada tem paisagens lindas para ser admirada. A serra lembra um pouco a nossa Serra da Mantiqueira, porém aqui é os Andes, é muito maior e mais imponente. Alguns trechos estao em construção, e passamos bem próximos ao penhasco.

Próximos ao penhasco

Passamos bem perto do desfiladeiro

Faltando mais de 150km para chegar em Cochabamba começamos a subir os Andes, e já notamos a mudança de clima, a temperatura caiu e começamos a sentir um gostoso frio! Chegamos a subir mais de 100m a cada KM e atingimos 3.546m – veja mais aqui.

Mudança de clima e vegetação

Mudança de clima e vegetação.

Vilarejo

Vilarejo dos Andes

O caminho foi longo e cansativo, levamos 9h para chegar em nosso destino em Cochabamba, o Puka Killa. Mas tudo está sempre valendo a pena estamos aproveitando tudo que podemos. Fomos bem recebidos aqui e logo já fomos preparar o jantar e começar a ver o que podemos fazer na cidade. Penso que a internet pode nos segurar um pouco aqui na casa, ficamos desconectados muito tempo e precisamos colocar a casa em ordem.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply