Dia a dia

Santuário El Cañi

31 de July de 2013
miniatura

Logo cedo levantamos e tomamos café, ontem andamos quase 16km e hoje sabe-se lá quantos km a mais teríamos pela frente. Tinha que ser um café bem reforçado! Rodamos sem saber onde ficava direito o início da trilha. Lá pelas tantas vimos uma placa Cañi Guias, resolvemos parar para perguntar onde era a entrada do parque, descobrimos sem querer que era ali, pagamos 3.000 CLP cada e recebemos um mapa com o caminho a ser percorrido.

É bem estranho, a entrada do parque não fica bem na entrada, ainda é necessário levar o carro mais adiante para estacioná-lo onde der. Há uma guarita no início da trilha, mas pegamos ela vazia. Já preparados, pegamos inicialmente um caminho onde parece ser possível subir de 4×4. Se só esse tipo de carro talvez suba, já da para imaginar como é. No mapa do guia informava que o primeiro trecho – até o Refúgio Aserradero – demoraria entre 1h30 e 1h45. Estávamos mortos após uma hora, parecia que tínhamos andado por horas sem parar, após um rápido descanso para tomar água voltamos a trilha e 15 minutos depois já estávamos no refugio. De mortos e desanimados, por nos achar dois sedentários, passamos a nos sentir atletas de ultra maratonas!!!

Seguimos subindo, o guia havia dito que seria plano mas tudo bem, encontramos 4 vacas e 2 bezerros que assustados decidiram subir a nossa frente. O pior é que não tinha o que fazer, toda vez que eu tentava passar para tocá-las para baixo elas faziam o inverso, continuavam subindo, pelo menos elas não deixaram nós andarmos muito rápido, e aproveitamos para descansar.

Lago las Totoras

Lago las Totoras

Chegamos tranquilos no Lago las Totoras, visual belíssimo. Rápido lanche e seguimos na trilha, onde tudo de repente mudou. O cenário parecia, novamente, tirado de um filme. Araucárias enormes e neve para todos os lados, lagos inteiros congelados e nós sem saber onde era floresta onde era lago, havíamos chegado a Laguna Negra e estávamos a um passo do objetivo maior, o mirador e 3 horas e 15 minutos depois chegamos.

Laguna Negra congelada

Laguna Negra congelada

Laguna Negra

Laguna Negra

Vista do mirador, lagos congelados.

Vista do mirador, lagos congelados

Que visual, mesmo com o dia nublado, tudo estava lindo! Valeu o esforço e os mais de 7 km para chegar ao topo do mirador.

Cansados, pegamos o rumo de casa, sem muitos apuros e às 17h estávamos de volta ao Tdi e logo ao Frontera Pucón. Chegando ao hostel, fomos muito bem recepcionados pelo Leo e pela Isabela, donos do hostel, elas tomando vinho, eu degustei algumas cervejas da região e comemos uma deliciosa pizza de jantar, ficamos madrugada a dentro conversando com os dois, o tempo voo e amanhã vamos embora :/

Infelizmente deixaremos esse lugar maravilhoso, para um dia voltar.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply