Dia a dia

Dia de furia!!

4 de August de 2013
miniatura_chile

Dormimos esperando que hoje acordasse com um dia melhor, quem sabe um dia de sol, mas não São Pedro continuava inspirado e acordamos um grande temporal. E dessa vez era preciso arrumar o carro, não dava para atravessar a fronteira com o carro bagunçado e dar motivos para problemas.

Depois de muito tempo terminamos com o carro e depois de abastecer seguimos para a fronteira, queríamos cruzar pelo Paso Hua Hum e visitar uma cervejaria artesanal, a Petermann. Mas não foi bem assim, e o dia começou a ser bem diferente do que pensamos que seria. A chuva não dava trégua, seguimos o caminho para a cervejaria, rodamos 60km até descobrir que o endereço na internet estava errado!! $%#! Desistimos e fomos logo para a fronteira. Rodamos mais um tanto, chão de ripio em sua maioria, o vendaval aumentava, e a chuva nos acompanhou o tempo todo! Faltavam poucos km para chegar em Puerto Fuy, onde pegaríamos uma balsa, e acabamos encontrando a cervejaria, aquela do endereço errado. Achamos que as coisas estavam começando a se acertar, mas a mesma estava fechada! Bom, não queríamos mesmo conhecê-la. rs

Rumo a balsa então, chegamos na marina e descobrimos (ainda sob um temporal) que a única balsa do dia havia partido, e chegamos 40 minutos atrasados. Ok! Ainda conseguiremos atravessar, tem outra fronteira aqui perto, mais ao norte, foi ai que notamos que o diesel estava baixo, mas daria para chegar. Mais tranquilos aproveitamos para almoçar, já que não sabíamos como seria a rota daqui para frente e não tínhamos nada para comer no carro.

Seguimos. Roda, roda, roda, sobe e desce, vira pra lá e pra cá e a Cau passa mal (lá se foi o almoço), enfim já estávamos próximo a fronteira e fomos parados pelos carabineiros chilenos que nos avisam que a fronteira esta fechada devido a neve. Sem chances agora, já era tarde e teríamos que voltar a Pucón (próxima fronteira) e cruzar amanhã, mas e o diesel? Com um vento mais forte ainda contra nós, às vezes passando por túneis de pura água e vento, conseguimos chegar a Lican Ray (depois de cruzar um rio que havia invadido a pista) e na reserva da reserva – com a luz acesa pela primeira vez – paramos para abastecer. Agora seguiremos mais tranquilos até Pucón.

Mas sabe o lado bom desse dia de fúria? Voltaremos ao Frontera Pucón, amanhã é segunda e não teremos que ir trabalhar em nenhum escritório e a volta ao mundo A 4 Pés continua!!! E por ironia de San Pedro, a chuva começou a cessar e conseguimos ver um pequeno pedaço do céu azul, lindo.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply