Dia a dia

Sobrevoo de helicóptero a 180km/h

30 de November de 2013
Voo Ushuaia

O dia começou como a maioria, acordamos e arrumamos tudo na bat-caverna. Já na agência o Osvaldo nos avisou que um dos responsáveis por diversos passeios da empresa Gadventures passaria para conversar com ele, pois ele queria apresentar alguns passeios.

Ja no início da tarde o Gonzalo apareceu e após a apresentação dos dois passeios o Osvaldo me deu 20 minutos para me arrumar e estar pronto para fazermos o sobrevoo pela cidade. Já eram 18h quando o dono da HeliUshuaia veio nos buscar e levar a base deles.

A base fica junto ao antigo aeroporto da cidade e fomos apresentados ao piloto e nos foi dado os procedimentos de embarque e desembarque da aeronave. Preenchemos o termo de responsabilidade e fomos apresentado ao R-44, aeronave para 4 pessoas. 

Iniciamos o sobrevoo seguindo a costa da cidade em direção a oeste, ao parque nacional. Primeiro para ganhar altitude. Em seguida mudamos o rumo, agora para o norte, sentido a cordilhera dos Andes, onde foi possível ver o glaciar martial.

Glaciar Martial visto de um helicóptero

Glaciar Martial

Seguimos sobrevoando a cordilheira até chegar ao Cerro del Medio – onde deve partir um dos passeios – e o piloto nos avisou onde seria o pouso e o Osvaldo pediu que pousasse. Saímos do Helicóptero e fomos em direção ao cume da montanha (menos de 20m do local de pouso). Tinhamos pouco tempo então tirei algumas fotos.

Monte Olivia, a maioria montanha da região, cercada por diversas outras

No centro, Monte Olivia e ao lado direito os 5 irmãos

Voltamos ao helicóptero e novamente levantamos voo, agora o piloto deu a volta no Cerro del Medio. O frio na barriga foi incrível. Veja o vídeo abaixo.

Feito isso voltamos a cidade e sobrevoamos a Av. Maipu, beira-mar, e finalmente pousamos de volta a base, pouco mais de 45 minutos depois. Sensação incrível e felicidade plena! Tivemos que esperar o motor desligar e as hélices pararem totalmente.

Já de volta a agência, não tinha como não esconder a felicidades. Agora é arranjar alguma forma da Cláudia ir também.

EmpresAmigaPara viver a experiência citada acima contamos com o apoio de uma EmpresAmiga, clique aqui para conhecer todas as empresas que de alguma forma nos ajudaram (alimentação, turismo e/ou hospedagem).

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply