Dia a dia

Parque Nacional Tierra del Fuego

12 de December de 2013
parquenacional

Esses dias estamos mais tranquilos por aqui, o Osvaldo viajou de férias e deve voltar só na semana do Natal, então nós aproveitamos para passar uma noite no Parque Nacional, acampar. Bem, esse era o nosso plano. Conversamos com a Alicia para saber se iríamos ou não ter classes por esses dias e conseguir ir para o Parque sem pressa.

Com tudo certo o Marcos foi ao mercado fazer as comprar para os próximos dias longe da cidade. Arrumamos todo o carro e saímos bem cedo, chegamos no parque antes das 8h. O dia estava bom, sem muito vento e com um sol entre nuvens. Nosso plano era de mapear os possíveis caminhos a serem feitos em bike para colocar no mapa que estamos fazendo.

ParqueNacional

A caminho da Cascada do Pipo

Flores do Parque

Flores que encontramos no dia

Cascada Rio Pipo

Chegamos na Cascada Rio Pipo

A primeira trilha foi para a Cascata do Pipo, na placa dizia 10 min, mas levamos bem mais. Fomos tirando fotos e admirando tudo. É um lugar muito, muito lindo e calmo. No caminho encontramos algumas barracas e o melhor, banheiros! Sim, banheiros com papel higiênico, água e sabonete. Incrível e faz valer a pena os AR$80 que nós, brasileiros, pagamos para entrar.

Banheiro Parque

Banheiro 5 estrelas do Parque

Depois de caminhar até a cascata voltamos e seguimos de carro até o Lago Roca, e ali tomamos nosso café da manhã. Que demais, estava tudo tão calmo e silencioso. Ficamos ali um tempo e decidindo qual caminho iríamos tomar, qual trilha fazer primeiro.

O Parque é grande e tem até uma linha de ônibus que leva os turistas de um lado para o outro. Outra opção é ir de bike e circular la dentro, mas tem que estar preparado para a volta, muita subida.

Café da manhã

Decidimos fazer primeiro a Trilha do Hito XXIV, uma trilha curta e fácil, com mais ou menos 1h30 até o final que é no limite entre Argentina e Chile. O caminho realmente é tranquilo, poucas subidas e muito verde. No caminho cruzamos com lindas flores e uma vegetação bem úmida, sem falar no encontro com o Pica-Pau! Lindo! Eles estavam pertinho de nós, só foi difícil fazer foto.

Pássaros

Olha o Pica-Pai ali na direita!

Chegamos no fim da trilha, fizemos fotos (claro!) e um lanchinho rápido. Queríamos voltar e tentar fazer a trilha do Guanaco ou ir para o outro lado do Parque e fazer umas trilhas pequenas por lá.

argentinachile

Bora dar um pulinho ali no Chile?!

lanchetrilha

Hora do lanche e descanso antes do caminho de volta

Bom, mas no caminho de volta, o Marcos estava mais que quieto e pensativo, disse que estava preocupado com o nosso site e não conseguia tirar isso da cabeça. Chegamos onde paramos o carro, sentamos no banquinho e ficamos ali um tempo, conversando, desabafando e colocando a cabeça no lugar. E decidimos voltar para a cidade e trabalhar no site, se era isso que ia deixar ele feliz era isso que tínhamos que fazer. O parque está lá sempre, podemos voltar outro dia, sem problemas.

Agora é trabalhar para colocar o site novo no ar na segunda feira. 🙂

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply