Dia a dia

2013 acabou!

31 de December de 2013
Um brinde ao ano novo

Ontem eu tive a ideia de passarmos a virada do ano acampados, poderíamos ir acampar no Parque Nacional, há pouco mais de 20km da cidade. Mas, como nós já queríamos fazer a trilha até a Laguna del Caminante poderíamos fazer agora e passar o ano de um jeito diferente e só nosso.

Já a tarde, no dia 30, nós fomos ao La Anonima (o supermercado) e compramos tudo que precisaríamos para a trilha – até um vinhozinho para brindar :). Passamos o final da tarde arrumando as mochilas, ficou para fora somente as escovas de dentes e os sacos de dormir.

Acordamos cedo, terminamos de arrumar tudo e já deixamos as mochilas na entrada da oficina – só a espera do Osvaldo para nos levar ao bairro de Andorra, que fica na entrada do vale de mesmo nome. Se for fazer de táxi é só pedir para levarem até “Turbera del final de Andorra (La tranquera)”. Aí é só passar a porteira – que indica que a trilha está fechada – e seguir adiante.

Seguimos o caminho, inicialmente é mais uma estrada e como 500m depois foi perceptível o início da trilha a esquerda, onde a estrada que estávamos seguia para a direita e parecia ser alguma estância ao final da estrada. Mesmo sem ter certeza, decidimos seguir por ele. Havia muita lama, o que tornava mais lento a progressão, mas em nenhum momento impossibilitava a passagem.

Começo da trilha Valle del Andorra

Começo da trilha, Felizes!

Após mais ou menos 1h30 chegamos ao córrego que percorre todo o vale e mais um aviso de trilha fechada. Dali, vimos uma abertura nas árvores e seguimos caminhando, após um tempo, verifiquei no mapa que tínhamos e percebemos que estávamos um pouco fora da trilha original. A próxima hora foi atravessando pequenos vales, pulando árvores caídas – até escorreguei de uma delas enquanto tentava filmar e olhar o GPS ao mesmo tempo. Tudo certo.

Aos poucos fomos corrigindo a rota, até que voltamos ao córrego, sem pontes ou árvores para atravessar, o jeito foi tirar a bota e meter o pé naquela água congelante! Atravessamos rápido e logo encontramos a trilha novamente. Ufa! Mas não havíamos nem chego a metade da caminhada do dia e ainda faltava a subida.

De tanto desviar, pular de pedra em pedra e de tronco em tronco, veio o prêmio. Finquei lindo a pé na lama (pela primeira vez), já para estrear fui até metade da canela. Rindo da situação, seguimos caminhado, pulando e pluft, mais um – agora com o outro pé! Pelo menos não chegou a molhar a meia. Salvo do pior.

O caminho seguiu atravessando o córrego mais algumas vezes, até que se estabeleceu ao nosso lado esquerdo, então começou a subida. Bem tranquila, fomos de 270m a 650m em 1h20, ao longo de quase 3km e após finalmente passar a linha de vegetação alta – no sul dos Andes esta linha do fim de vegetação fica geralmente a 600m de altitude – encontramos uma placa. Estávamos QUASE lá.

em frente a placa sinalizando o caminho a Laguna del Caminante

Quase lá, cansado porém felizes!!!

Passaríamos por esta mesma placa no dia seguinte para seguir nosso caminho de volta para casa. Os últimos km foram de alegria – por estarmos quase lá – e um pouco de preocupação, o tempo havia fechado, nevava bem fraco e estávamos numa encosta com pouco espaço para caminhar e com o vento forte poderíamos acabar caindo e rolando com o peso das nossas mochilas. Atravessamos esta parte de forma tranquila e tivemos a primeira visão da laguna, mas sem idéia de onde acamparíamos.

Por fim, encontramos a placa indicando que havíamos chegado ao nosso destino, era só descer a montanha e atravessar mais dois córregos, tranquilos dessa vez, passamos por cima de troncos caídos. CHEGAMOS!

camping Laguna del Caminante

Vista do camping Laguna del Caminante

Era pouco depois das 16h, armamos nossa barraca de verão, rezando para não chover e não ventar muito – será que era muito? Tomamos um banho – de gato – nos córregos (água geladaaaa) e fomos fazer nossa ceia, para já deixar pronta para não ter que fazer nada de noite. Lembrando da água gelada do córrego, fui deixar nosso vinho para gelar 🙂

Já se passava das 20h, mas nada do sol “passar” pela última vez no ano, ainda estava dia para esses lados do mundo e eu fui buscar o vinho e que delícia, gelada. Se soubesse teria trazido umas cervejas 🙂 e fomos começar os brindes para o ano novo!

Depois das 22h eu sai novamente da barraca – ainda sem quase nenhum pingo d’água – e sol estava finalmente se pondo. Fomos agraciados da seguinte forma:

Pôr do sol na Laguna del Caminantes

A vista linda para finalizar o ano!

Mortos de cansaço, pensamos em passar o ano novo dormindo, mas conseguimos segurar o sono, para ajudar fomos jantar! Um delicioso arroz e feijão (já misturado para economizar nas panelas) e uma maionese com atum, ah e o vinho =)

ceia de final de ano

Não podia faltar uma ceia de final de ano

Um ótimo jantar, com ótima companhia, num ótimo ambiente. Fechamos o ano bem, esperamos começar o seguinte igualmente bem. Um feliz 2014 a todos!

Abaixo podem acompanhar como foi o dia.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply