Dia a dia

Brotas, e nada de aventura

9 de May de 2013
Brotasndaventura

Foi durante o caminho, após sair de Osasco que ligamos para alguns camping da cidade e nos informamos de preço e localização. A dica de uma amiga nos ajudou na escolha e fomos rumo ao Camping e Lazer Jacaré, que nos recebeu muito bem.

Chegamos na cidade por volta das 19h30, mesmo com o cansaço chegamos com sorriso no rosto com a certeza de que ali passaríamos ótimos dias, nossos 3 primeiros dias de volta ao mundo.

Assim que estacionamos na área de camping começamos com a organização para arrumar a cama e o carro para nossa primeira noite. Por não ter uma barraca de teto, ir dormir dá um pouco mais de trabalho, mas nada que com paciência e jeito as coisas deram muito certo. E assim foi, ligamos geladeira e luz externa na energia do camping, e com facilidade conseguimos falar com nossos amigos e familiares, que esperavam com ansiedade notícias nossa. Nossa primeira noite foi mais ou menos bem dormida… cansaço e ansiedade se misturavam, a ficha de que a viagem começou estava felizmente caindo.

No dia seguinte acordamos tarde, e mesmo assim ao som dos pássaros e com os raios de sol de começavam a aquecer o dia. Era hora de levantar, alongar o corpo e tomar aquele café da manhã para aproveitar o dia, aproveitar para descancar e simplesmente não fazer nada. Conhecemos o pessoal que estava no camping e, claro, não teve como negar o convite para participar de um churrasco, mesmo após nosso delicioso almoço. No fim do dia fomos conhecer a feira que estava acontecendo na igreja próxima ao Camping, estava deserta, segunda feira e no friozinho da noite, ninguém quis sair de casa. Voltamos e aproveitamos um pouco mais a hospedagem.

Foi no segundo dia que resolvemos sair de vez da toca, fomos até o centro da cidade e aproveitamos para ver se conseguiríamos fazer alguma aventura. Quase conseguimos um Rafting, mas por falta de tempo não deu certo. Foi ai que percebemos que a cidade conhecida pelo Rafting e Aventura poderia nos proporcionar outras atividades como passeios tranquilos e imersos a natureza.

Seguindo no ritmo da tranquilidade fomos conhecer o Parque dos Saltos, localizado próximo ao centro da cidade e de entrada franca. Nesse parque você aproveita para conhecer a antiga Casa de Máquinas da Cidade, passear por uma trilha de fácil acesso e muito arborizado. Outro passeio que aproveitamos para fazer foi conhecer o Recanto das Cachoeiras, uma fazenda afastada da cidade, com uma linda vista do vale e duas belíssimas cachoeiras – da Roseira e do Santo Antônio. Para entrar é cobrado um preço único de entrada, independente do tempo de permanência.

Parque dos Saltos
Nossa passagem por Brotas chegava ao fim na manhã do nosso terceiro dia. Após tomar um delicioso café da manhã na companhia da nossa vizinha de camping organizamos o carro, nos despedimos e pegamos a estrada rumo a Adamantina, interior de SP e casa dos avós, matar a saudade e se despedir mais uma vez.

EmpresAmigaPara viver a experiência citada acima contamos com o apoio de uma EmpresAmiga, clique aqui para conhecer todas as empresas que de alguma forma nos ajudaram (alimentação, turismo e/ou hospedagem).

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply Fernando Barbado Lacava 11 de May de 2013 at 17:39

    Simplesmente sensacional, façam valer cada segundo para que possamos através deste meio viajar com vocês. Lindas imagens.

  • Reply KK 14 de May de 2013 at 21:56

    Esse era um dos lugares q tinha te falado, Cau!! Lindo mesmo, vcs devem ter amado! Bjs e aproveitem!!!

  • Leave a Reply