Dia a dia

Último dia na Fazenda San Francisco

26 de May de 2013
Pôr do sol

Como todo dia na fazenda, acordamos cedo – ainda tínhamos um pequeno agravante, íamos embora nesse dia. O quebra-torto já nos abastecia para uma canoagem pelo Corixo São Domingos.

Chegamos ao corixo e vestimos a maior quantidade de roupas sem torrar, muito. Tudo para tentar nos proteger dos mosquitos, quase em vão. Entramos na canoa e fomos remando rio abaixo. 

O intuito, descobrimos depois, era chegar até uma praia onde os jacarés tomam um solzinho, alguém habilitaria-se a juntar?

Rolou uma certa tensão quando vimos alguns jacarés se escondendo embaixo d’água, mas nosso guia, Giuliano, disse que eles tinham mais medo que nós, será mesmo?

Após voltar ao nosso quarto, fomos almoçar pela última vez na fazenda, arrumar as caixas e acertar as contas. Tudo pronto partimos em direção a estrada parque.

Ouvimos falar na estrada quando fizemos nosso mochilão em 2009, quando um conhecido nos falou sobre ela e suas belezas. Não tínhamos um 4×4 e tínhamos outros planos para o fim daquele mochilão. Dessa vez, em Bonito, nos relembraram e logo adicionamos ao trajeto.

A estrada fica pouco mais de 70km da Fazenda San Francisco e iniciamos ela eram quase 15h. Toda de terra não passávamos de 50km/h, para admirar a vista e os animais. Como nessa velocidade não chegaríamos a tempo de pegar a balsa que cruza o Rio Paraguai, decidimos parar para descansar.

Chegamos a Pousada São João eram 16h30, como não tinhamos feito nenhuma reserva resolvemos entrar e pedir para passar a noite, e lá fomos nós com a cara e a coragem pedir por um cantinho para estacionar o carro. Pronto, lugar concedido. Arrumamos as coisas para dormir no carro, tomamos um banho e ficamos apenas admirando-o o pôr do sol, que se mostrou como nunca vimos.

Pôr do Sol Pantaneiro

Pôr do Sol Pantaneiro

A noite terminou cedo, com os mosquitos dominando o exterior do carro, logo dormimos.

EmpresAmigaPara viver a experiência citada acima contamos com o apoio de uma EmpresAmiga, clique aqui para conhecer todas as empresas que de alguma forma nos ajudaram (alimentação, turismo e/ou hospedagem).

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply