Dia a dia

Bate e volta para Deodápolis | MS

23 de July de 2014
por do sol em deodapolis

Fazer o bate e volta para a casa da minha avó, em Deodápolis, em seu aniversário de 90 anos, era algo que eu queria muito, muito mesmo! Ainda mais por rever toda a família! Ainda bem que a carona com o Dú, meu irmão, deu certo e voltar com os meus pais foi melhor ainda! Nós acabamos economizando e acabamos curtindo um pouco mais a família.

Fizemos as contas e não era grande a diferença entra ir de ônibus para Osasco e ir de carro, com o Tdi. O que nos fez querer ir de ônibus foi o fato de ter onde deixar o carro e não precisar dirigir, chegar lá descansados. Pagamos uns R$ 120,00 para os dois na passagem de ida e a volta saiu de graça, já que meus pais nos levariam de volta para MG e ainda ficaria uns dias conosco por lá.

Lá no sítio dá Vó foi tudo ótimo, a festa/churrasco do aniversário foi muito animado e divertido, como sempre é os encontros com a família de lá! Desde o dia que chegamos lá, na sexta feira, estamos aproveitando tudo… minha vó, meus pais e claro o Mateus, meu sobrinho.

Minha amada Vó

Minha amada Vó

Os meus tios

Os meus tios

A familia toda!

A familia toda!

Eu estava até me esquecendo de contar sobre a nossa chegada surpresa, descemos no carro logo na entrada do sitio e meu irmão chegou, como se estivesse ido sem nós. Enquanto isso demos a volta nada casa e ficamos bolando como aparecer… Esperar todo mundo entrar e depois chegar batendo na porta no estilo “ô de casa”? Pular na frente deles e dizer apenas “oi”? Não tempo de pensar, era tanta coisa na cabeça queria aparecer logo e abraça-los. Demos novamente a volta pela casa, agora fomos pela frente e sem muito pensar pulamos na frente deles “tcharãn”!!!! Foi a maior alegria! Minha mãe pulando, meu pai chorando… foi ótimo, mesmo por pouco tempo foi ótimo.

No segunda feira, depois do aniversário aproveitamos para dar um pulinho com o Dú e a Jú no Paraguai, meu pais também foram juntos. E desta vez fomos só para acompanhar e ajudar a segurar o Mateus…. rsrs Passamos o dia lá, nós sem muitos gastos! Voltamos e já era quase dia de ir embora, quarta feira, os dias aqui mesmo sendo longos voaram!

As despedidas, como sempre são tristes! Nunca se sabe quando voltarei para lá, não é. Mas foi e quando vi já estava em Osasco e foi o momento de nos despedir novamente (acredito que esta foi a terceira vez) do meu irmão, da minha cunhada e do Mateus, nosso sobrinho…. novamente foi com lágrimas nos olhos! Aprendi que quanto mais rápido for parece ser menos sofrido, mas sempre me engano e não consigo segurar as lágrimas depois, não consigo dormir com elas engasgadas na garganta e é nesta hora que o Marcos está ali para me apoiar e fazer deste momento o menos triste possível!

Dormimos na casa dos meus pais, foi uma noite estranha. Era estranho estar em casa e não se sentir em casa, a passagem por aqui foi tão rápida que nem deu para relaxar e curtir a casa um pouco.

Amanhã cedo é dia de voltar para São Thomé, rever o Tdi e pegar a estrada!!! Uhulllll!!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply