Dia a dia

de volta para casa :(

13 de November de 2014
volta_casa_osasco

Voltar para casa não foi uma decisão fácil, mas acreditamos que tomamos a melhor decisão. Ficaremos um tempo em casa, em Osasco, organizando a cabeça e os planos para voltar a viagem em 2015. Deixamos Mossoró com um aperto no coração, pegamos o sentido que não queríamos, mas para amenizar um pouco decidimos visitar alguns amigos e familiares no retorno para casa.

Até pensamos em voltar devagar, pela litoral, mas meu sexto sentido dizia para não seguir por este caminho. São 3000km até Osasco, passando por Vitória, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Campinas, o que daria para fazer em alguns dias e assim planejamos chegar em casa lá pelo dia 20 de novembro.

Logo no primeiro dia de estrada nossa bateria deu problema, quer dizer, o nosso alternador deu problema. Pronto, mais essa para acertar a brincadeira. Achamos que arrumamos, mas não, no dia seguinte a luz da bateria acendeu novamente e foi bem difícil encontrar um mecânico que encarasse mexer em uma peça importada. Conseguimos e já estávamos na Bahia, ficamos uma três horas lá esperando e parece que funcionou. Baterias carregando, luz do painel apagada então bora pegar a estrada.

Nesse momento, por todo stress do momento já estávamos decididos em ir direto para casa, direto para Osasco, sem escalas, sem visitas. Confesso que não estava muito no clima, queria era chegar logo. Não demorou muito e a luz da bateria acendeu novamente, tínhamos certeza que o ajuste que o cara fez não segurou nada. Na hora fiquei brava, lá se foram R$160,00, soma das duas tentativas para arrumar a peça.

Era noite quando chegamos em um posto e vi o letreiro “Mecânica-Elétrica”, era nossa nova chance. O Marcos levou o Tdi até lá e o mecânico que estava de saída nos atendeu muito bem, colocou o uniforme e abrimos o capô. Assim que ele olhou o alternador dissa algo assim “isso, pode jogar fora, essa tampa já era”. E sabíamos que não estávamos sendo enganados, e que ele estava em um estado horrível. Ficamos algumas horas ali e o mecânico disse que precisaríamos de um novo e ele poderia fazer a troca.

Até tentamos montar um novo-usado, mas não havia peças, sendo assim ele colocou o alternador de outro modelo de carro. Fez os ajustes necessários e pronto! Encaixou, ligou e carregou nossas duas baterias sem problemas. Ele garantiu que com aquela peça chegaríamos em casa tranquilamente e que ele aguentaria muito tempo. E pelo que pagamos foi melhor acreditar nele e tentar seguir viagem tranquilos.

Passamos a noite no mesmo posto e amanhã seguiremos viagem para casa, apenas mais uma noite e chegamos ao nosso destino. Até esse dia ninguém da nossa família sabia que estavámos voltando. Deixei para avisar quando já estávamos em Osasco.

Ontem o nosso dia de viagem foi bem cansativo, foram 17h dirigindo e paramos para dormir em uma a cidade próxima a capital de Minas Gerais, Belo Horizonte. Acordamos cedo, o que é inevitável quando dormimos com os caminhões, tomamos café e pegamos a estrada. Hoje chegaríamos na casa dos meus pais, no fim da tarde.

O dia foi longo e cansativo, parecia que SP não chegava nunca. E quando chegamos pegamos uma p%$@ chuva, temporal mesmo. Estava um friozinho delicioso, que nós estávamos com muita saudade de sentir frio. Já próximos a Osasco avisei meus pais e não demorou muito e o Tdi já estava na garagem. Ele passou por uns mal bocados, mas chegou bem aqui e nós também.

Agora é curtir a família, levantar a cabeça e pensar no futuro. O nosso sonho não acabou, muito pelo contrário, estamos apenas no começo de uma longa viagem até a Austrália!

Rota para Osasco (Fonte: Google Maps)

Rota para Osasco (Fonte: Google Maps)

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply