Dia a dia

26h de Lima a Cusco de ônibus

29 de August de 2016
Estrada a caminho de Lima a Cusco, Peru.

Chegamos na rodoviária da empresa Excluciva (leia aqui como é viajar com essa empresa) por volta das 12h, fomos de Lima a Cusco de ônibus, e ali ficamos até o nosso ônibus partir, às 16:30. Foi um longo dia, mas estávamos animados, claro! Era o nosso primeiro dia de viagem, e eu estava em terra firme (tenho um certo medinho de avião… ). Trocamos nossas passagens, que compramos pela internet, através do site BusPortal e logo subimos para o café com wi-fi e ali ficamos, comemos, bebemos e até que passou rápido.

Mochilas no bagageiro, sentados nas primeiras poltrona (para garantir a bela vista) e claro, poltronas reclinadas em seu máximo, 180 graus. Ah, que delícia poder deitar assim. Mas claro que tudo tem um preço, e para nós dois saiu por US$107 apenas o trecho de ida a Cusco.

Ônibus da Excluciva entrando no terminal da empresa

Ônibus da Excluciva

A viagem começou bem, e quase duas horas depois recebemos nosso jantar (arroz branco, purê de batata, frango, brócolis, suco e sobremesa). O Marcos já tinha dormido, e logo também dormi. A semana antes da viagem foi bem cansativa, e aproveitamos para descansar.

Poltronas reclinadas em 180º

Poltronas reclinadas em 180º

No ônibus havia televisores, o que para mim foi um parte negativa, pois a caixa de som do nosso lado era uma das únicas que funcionava na frente do ônibus, então imagina a altura do audio. Bom, pedi algumas vezes para que baixassem, e sempre fui atendida. Não lembro o horário exato, mas perto das 23h os televisores foram desligados (ufa… ).

A viagem seguia bem, até que acordei no meio da noite e percebi que estávamos parados. Pela revolta de alguns passageiros, parecia que estávamos parados há um tempo. Acordei o Marcos (não sei porquê, poderia ter deixado ele dormindo), avisei que estávamos parados no meio do nada e logo desci para ver o que era. Não entendi exatamente o que aconteceu, mas o cabo que liga algo a alguma coisa do ônibus quebrou e alguém foi na cidade mais próxima buscar um novo. O que me deixou tranquila é que havia alguns policiais escoltando o ônibus, então voltei para a poltrona e dormi.

Só quando acordamos, mais próximo do amanhecer do dia, é que descobrimos que ficamos parados 3h durante a madrugada! Demais, né?! Mas não parou por ai. Além da parada oficial do ônibus, onde pudemos comprar algumas bebidas e snacks, paramos mais algumas vezes. E isso foi atrasando a nossa viagem em algumas horas. O que geralmente dura 21h, durou exatas 26h.

Desembarcamos em Cusco às 17h30! Ufa, caminhar, esticar as pernas e o corpo, porque mesmo com uma poltrona que reclina 180º, esse tempão todo sentado/deitado cansa de um jeito diferente.

Conversando com o motorista do táxi que nos levou a Plaza de Armas, ele disse que não é comum os ônibus da Excluciva quebrar. E realmente, o pessoal aqui do hostel que estamos, o Hostel BackPacker Felix, disse a mesma coisa e estranhou a nossa chegada tarde. Então, foi apenas “sorte” para começar a viagem!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply