Dia a dia

Enfim, Machu Picchu

2 de September de 2016
Machu Picchu

Passaram sete anos desde a nossa primeira vez nessa incrível cidade inca, de Machu Picchu.

Mal dormi à noite, tamanha era a minha ansiedade e a do Marcos também, que só foi dormir depois da meia noite. Eu, acordei bem antes do despertador. Era 4h da manhã quando acordei o Marcos e disse “ei, o que acha de levantarmos e arrumar as coisas agora?”. Ele nem me deu ouvidos, virou para o outro lado e continuo a dormir os 30 min que faltavam para realmente levantar.

A partir das 4:30 o café da manhã do hostel Casa Machu Picchu (hostel que nos hospedamos) já estava servido, justamente para atender os turistas que partem cedo, como nós. Às 5h, prontos, saímos em direção ao ponto de saída dos ônibus (são 23 no total, que ficam o dia todo subindo e descendo com turistas). A fila era imensa, não sei desde que horas o primeiro estava lá… era muita gente, e não parava de chegar grupos e pessoas sozinhas para pegar o transporte.

Nossa pressa em chegar cedo estava no fato de teríamos que subir e descer a Montanha Machu Picchu antes das 11h, para encontrar com o nosso guia. E há 2 horários para subir a Montanha, das 7h às 8h e das 9h às 10h.  E nós compramos o primeiro horário. Mas tudo no seu tempo que vai dar tudo certo. E às 5:30, conforme nos falaram, os ônibus começaram a sair e antes das 6h pegamos o nosso.

A subida em ônibus é bem convidativa, mas confesso que ir andando e subir todas aquelas escadas dá um gosto especial quando se chegar lá em cima (lembrando de 2009). O portão da Montanha Machu Picchu, que fica dentro da cidade inca só abriria às 7h, chegamos com 10 min de antecedência. Deu até para descansar… brincadeira.

Começamos a subida, o guia da entrada nos disse que levaríamos 1:30min subindo, e assim foi. Sobe, sobe, sobe…. escada e mais escada. Enfim, chegamos no alto da montanha, a 3.061m. A nossa preocupação com o tempo ainda existia, pois a previsão de chuva ainda estava de pé. O bom foi que na subida o tempo fechado nos ajudou, e subimos na sombra. Ufa!!

A caminho do pico da Montanha Machu Picchu

A caminho do pico da Montanha Machu Picchu

Paradinha, muitos degraus pela frente

Paradinha, muitos degraus pela frente

No alto da Montanha Machu Picchu

No alto da Montanha Machu Picchu

Ficamos lá em cima uns 40 min, descansamos, fizemos um lanche e, claro, muitas fotos! O tempo abriu e era possível ver tudo lá em baixo. Agora a vontade era de pular e aproveitar o bom tempo para ver todos os detalhes.

A descida levou 1h, descemos devagar para poupar pernas e joelhos. Principalmente eu, que tenho histórico de contusões. Para encontrar nosso guia foi preciso sair da Cidade Inca. Eu não sabia, mas com o ingresso você pode sair 2x e entrar 3x.

Então no horário marcado estávamos lá fora esperando nosso amigo, o guia. Há muitos guias fora da cidade, então se você não contratou um serviço de guia antes pode conseguir facilmente um grupo quando estiver lá. Bem, não foi muito fácil de encontrá-lo e quando vimos ele já estava entrando e nós lá fora o procurando. Só rindo mesmo. Entremos na correria e ele nos esperou para começar o tour, que durou 1h30 mais ou menos.

Lindo dia em Machu Picchu

Lindo dia em Machu Picchu

Passamos a tarde caminhando por todos os cantos carregados de energia e história, é um lugar inacreditável mesmo. Ficamos, novamente, encantados com tudo que vimos. E acho que cada vez que voltar vou ficar impressionada com o que e como os antigos faziam. Era de verdade produzido para ficar marcado por muitos e muitos anos.

Uma vista de encher os olhos

Uma vista de encher os olhos

O dia passou e já era hora de começar a voltar, pois ainda pegaríamos o trem para Cusco. No final do tour começaram a cair as primeiras gotas de chuva, e elas não foram o suficiente para tirar o sorriso de realizados que estava em nosso rosto.

Quando compramos a passagem, apenas de ida, do ônibus já havíamos decidido voltar caminhando. O que é super possível e nós gostamos de andar um pouco. Então fomos felizes e não tão saltitantes, pois as pernas estavam bem cansadas das escadas da Montanha Machu Picchu e da caminhada pela Cidade Inca.

Por pouco não chegamos secos no hostel, mas ainda faltava uns 20 min de caminhada quando a chuva realmente chegou e veio forte. E como diz uma amiga, não se tem um arco-íris sem chuva, então sorrindo continuamos nossa caminhada.

Finalmente no hostel foi o tempo de chegar, arrumar as mochilas, tomar um banho e ir para a estação de trem. Voltaríamos de Vistadome, da Peru Rail, e nosso trem sairia às 17h com chegada prevista em Cusco às 8:30.

Nosso vagão do Vistadome - Peru Rail

Nosso vagão do Vistadome – Peru Rail

Já realizados do nosso feito aproveitamos a viagem tranquila de trem, comemos, bebemos e dormimos até voltar a grandiosa cidade de Cusco.

Quanto pagamos

Passagem trem US$ 292.00 (2 pessoas)
Ida: Expedition
Desde Ollantaytambo até Aguas Calientes;

Volta: Vistadome
Desde Aguas Calientes até Cusco

Ônibus para Cidade Machu Picchu US$ 24.00
Apenas ida para 2 pessoas

Entrada Cidade de Machu Picchu + Montanha Machu Picchu US$ 84.00 (2 pessoas)

Tour guiado na Cidade de Machu Picchu US$ 14.00 (para 2 pessoas)

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply