Dia a dia

Free Walking Tour em Cusco, Peru

3 de September de 2016
Manco Capac

Voltamos de Machu Picchu para Cusco, mas nada de descansar, não ainda. O Marcos encontrou na internet um passeio turístico de graça pela cidade, o Free Walking Tour. Conseguimos o horário das 10h30, o que foi ótimo, pois teríamos a tarde livre para organizar nossa ida a Choquequirao.

O passeio começa e termina ali na Plaza de Armas, e não foi difícil encontrar o nosso guia. José Martines estava bem identificado com sua discreta camiseta vermelha. 😀

Nosso guia no Free Walking Tour

Nosso guia no Free Walking Tour

Caminhamos pela cidade, por partes que confesso que não teríamos andados sem o guia. Foi ótimo conhecer da cidade, ainda mais com alguém local.

Mirador de San Blas - Cusco

Mirador de San Blas – Cusco

No final é interessante dar um valor simbólico pelo tour guiado, nenhum valor é estipulado. Você paga o quanto achar conveniente. E assim eles mantêm um trabalho acessível à todos.

Um pouco do que aprendemos em Cusco

A estátua do Inca na Plaza de Armas da cidade é a representação de Manco Capac, um ser divino e fundador da Cidade de Cusco. A imagem esta virada para o leste, reverenciando o nascer do sol e o Cristo Branco, que representa os espanhóis, que chegaram na região em 1532.

Há alguns prédios da Plaza que tem ainda parede originais (da época dos incas), como é o caso do local onde está a Starbucks Café. Assim como outros eram mercados, onde se comercializava alimentos e roupas e hoje são lojas de roupa ou restaurantes.

Llamas no centro da cidade, durante o passeio

Llamas no centro da cidade, durante o passeio

O nome Cusco, em espanhol Cuzco ou Cusco, em quechua Qosqo ou Qusqu, significa umbigo “do mundo”. E assim era a cidade na época dos Incas, o centro desse povoado, a região mais importante.

A cidade de Cusco, antigamente, tinha a forma de um Puma deitado. Isso é bem interessante, pois quando caminhamos não temos essa percepção, só mesmo quando vemos em um mapa.

Cidade Puma - Cusco

Cidade Puma – Cusco

Caminhando por uma das ruas principais (Calle Hatunrumiyoc, a duas quadras da Plaza de Armas), encontramos a pedra de 12 ângulos, muito famosa na cidade, com encaixes perfeitos das pedras ao redor. Os Incas faziam um trabalho incrível com esse material.

Pedra de 12 ângulos

Pedra de 12 ângulos

Realmente há muita curiosidade sobre a cidade. A cada visita aprendemos uma coisa nova sobre esse povo tão importante, os Incas.

 

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply