Dia a dia

Lima, alguns dias na capital Peruana

16 de September de 2016
Entrada Museu Larco

Chegamos em Lima era noite, por volta das 19h. O ônibus de Huacachina veio tranquilo e no taxi para a nossa hospedagem pegamos um pouco de trânsito, nos fez lembrar da nossa grande São Paulo. Carros parados, buzinas, grandes avenidas e alguns prédios.

Chegamos em “nossa casa”, o Safe House Bed & Breakfast e fomos recepcionados pela Janeth, dona do apartamento em que ficaremos. É um condomínio residencial, estranhamos. Mas parece ser algo normal por aqui. Fizemos o check in com o porteiro do prédio, nome e número do passaporte. Nosso quarto com banheiro compartilhado era bem agradável, uma cama confortável e uma mesinha. Clicando aqui você consegue ver mais sobre a hospedagem no site do booking.com.

Assim que acomodados a Janeth nos deixou bem a vontade para cozinhar, usar a geladeira, como preferirmos. O café da manhã será servido sempre às 8h da manhã. Fomos ao mercado comprar algumas coisas e fazer um lanche antes de dormir, nada de cozinhar na primeira noite.

Na manhã do dia seguinte conhecemos um casal de Holandeses que estavam hospedados, por acaso tomamos café da manhã juntos. Nossa, um longo café da manhã, o papo estava tão bom que nem vimos a hora passar, ficamos umas 2h conversando sobre política, Brasil, Holanda e muitos outros assuntos. No fim, trocamos contatos (facebook’s) e quem sabe nos vemos em “breve”, quando visitarmos a terrinha deles.

Os demais dias aqui em Lima foram bem tranquilos, na verdade ficamos mais “em casa” do que na rua, não dá para dizer que conhecemos a cidade. Isso foi uma escolha nossa. Um dia saímos para caminhar, fomos até a praia dar uma andada e voltamos, o Marcos não estava muito bem do estômago então sem muitos esforços.

Agora um dos dias mais interessantes foi quando fomos conhecer o Top 1 do Tripadvisor, o Museu Larco. Um museu privado, fundado por Rafael Larco em 1926, com uma coleção particular impressionante com peças datadas antes do incas, povos Maracas, Mochicas, Chimu e outras. Foi incrível ter a noção de que não só os Incas existiram, sabe? Porque quando viemos para o Peru é muito comum só ouvir sobre os incas, incas e incas.

Uma das incríveis peças o Museo Larco - Lima

Uma das incríveis peças o Museo Larco – Lima

Depois de uma aula de história seguimos de volta para o B&B, cozinhamos Guiso de Lentilhas (que pode sinal durou para os outros dias), escrevemos, fizemos vídeos, descansamos e conversamos muito com a Janeth, dona do apartamento. Uma ótima pessoa, alguém que batalhou e batalha muito no seu dia a dia.

Ficamos 4 dias aqui em Lima, uma cidade para um dia voltar e conhecer de verdade suas belezas, pois dessa vezes viemos para cá com outros olhos e outros pensamentos. Partimos, novamente, com o gostinho de quero mais, de quero voltar.

Entrada do Museu $

2 Entradas S./ 60 + tour guiado por S./35

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply