Browsing Tag

EmpresAmiga

Dia a dia

Partiu Serra do Cipó!!

21 de August de 2014
Tdi no morro do Pilar

Acordamos com calma e descemos para tomar o café da manhã da Pousada Lava Pés, não estávamos com muita pressa de sair. A cidade merecia um pouco mais de atenção, há muito o que fazer em Itambé do Mato Dentro, bastante cachoeiras, mas não nos programamos para isso, mas sim para conhecer um pouco da região da Serra do Cipó. Conversamos um pouco com o João Eduardo antes de sairmos.

Café da manhã Pousada Lava Pés

Para matar a fome!!!

Macacos na Pousada Lava Pés

Visita em nosso café da manhã

Para chegar na Serra do Cipó passamos antes pelo Morro do Pilar, confesso que por enquanto esse caminho foi o mais lindo de todos. A vegetação de cerrado mudava de tempos em tempos, o sol brilhava sozinho, sem nenhuma nuvem para aliviar o calor. Realmente fez um dia lindo e fomos com bastante calma pela Estrada de terra Real. Parando para contemplar a natureza que estava ali, de graça para para nós. Cruzamos com poucos carros pelo caminho, éramos nós e o mundo, uma sensação maravilhosa.

A caminho de Morro do Pilar

A caminho de Morro do Pilar

Clássica foto no Morro do Pilar! O Tdi não podia ficar de fora

Clássica foto no Morro do Pilar! O Tdi não podia ficar de fora

Chegamos na região da Serra do Cipó e fomos encontrar o Fabiano, uma pessoa que conhecemos via facebook, através de um contato com uma pousada. Ele nos ajudou a conseguir uma parceria com uma pousada, a Pousada Bella Vista. Mas antes de vir para a nossa casa dos próximos dias fomos com ele tomar um cafézinho na casa da cunhada dele, a Márcia. Bom, tomar um cafézinho aqui em Minas Gerais não é nada simples, teve pão, bolo, leite, café, ovos mexidos com bacon… a fartura é sinônimo de comida mineira! ADORAMOS!! rsrs

Ficamos horas ali conversando e dando muita risada com a familia, a Márcia (cunhada do Fabiano) é dona de uma cafeteria aqui na cidade, a Cafeteria Doce Tentação, meu deus! Nós degustamos muita coisa que ela faz lá e o lugar deveria tem um carimbo no passaporte só para ela. Ela cozinha bem demais, sem falar que os doces são M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O-S!!! Aprovados.

O dia passou rápido na presença deles, mas estava longe de acabar. Antes de vir para a Pousada Bella Vista passamos em uma aula de Candombé! Música e dança, adoro, acho que passaria o dia ali vendo elas dançarem e dançando também. Aprendi um pouco do que é o samba de senzala e da cultura do nosso povo. O mestre das aulas é descendente de escravos e leva seus conhecimentos para frente, ensinando a arte e o respeito pelo tambor e pela dança.

No fim da aula eu e a Mirlene, esposa do Fabiano não resistimos e caímos na vadiagem, no samba! Confesso que estava com as pernas bambas de vergonha, imagina, aquela mulherada ali arrasando no samba e no bumbum e eu ali, sem nenhum dos dois!! Não havia muito o que fazer…. mas foi muito divertido, no fim estava me sentido em casa!! Foi realmente algo simples que me encantou.

Antes de realmente ir descansar passamos para jantar na casa da Márcia, já estávamos nos sentindo em casa – o que não é muito difícil de acontecer. Até tentamos fugir, paramos no Tapiadas para tomar um chopp e comer alguma coisa, até que o celular tocou, era o Fabiano nos chamando para comer lá. E fomos! A noite terminou e o dia foi maravilhoso, conhecemos pessoas maravilhosas, que não tem a vida fácil, mas estão ali, na luta e com um grande sorriso no rosto.

EmpresAmigaPara viver a experiência citada acima contamos com o apoio de uma EmpresAmiga, clique aqui para conhecer todas as empresas que de alguma forma nos ajudaram (alimentação, turismo e/ou hospedagem).

Dia a dia

Pintura rupestre a caminho de Itambé do Mato Dentro

20 de August de 2014
Pinturas Rupestres - Cocais

O Caminho dos Diamantes, por enquanto, é o único que além de todas as atrações naturais existe um item bem interessante, o Passaporte da Estrada Real. É em busca de carimbos que, sem perceber, você é levado para destinos que poderiam passar despercebidos. Paramos em três cidadezinhas, simples mas encantadoras para carimbar o nosso e garantir o certificado no fim do caminho, em Cocais, Ipoema e Itambém do Mato Dentro. Na primeira cidade paramos para conhecer o Sítio Arqueológico da Pedra Pintada, onde há pintura rupestre datada de 6.000 anos.

Chegamos no lá e os portões estavam fechados, ligamos no número da plaquinha e uma moça nos atendeu, era a filha do Sr. José Roberto, e pediu para aguardarmos que o seu pai iria vir abrir os portões. Não demorou muito e logo apareceu um senhor, subindo a ladeira lentamente com um sorriso de bom dia no rosto. Muito simpático, ele nos deu explicações do motivo dos portões estarem fechados – segurança, pois na cidade de Santa Bárbara há um grupo de 4 homens vestidos de branco, se passando por enfermeiros, que entram na casa para roubar. Demos carona para ele até a recepção, que na verdade é a casa dele e de sua família, que vive e cuida deste lugar, o mantém preservado há 4 gerações.

Pagamos apenas R$ 5,00 reais (cada um), valor simbólico para manter o lugar – lembrando que eles não tem apoio de nenhum órgão público ou privado e mesmo assim montaram uma estrutura para receber turistas  -, a entrada asfaltada e o portão veio sim com ajuda política, mas não passou disso e o resto ficou apenas na promessa. Hoje ele tem banheiros externos e ainda almoço ou lanche, se conseguir agendar tudo com eles. Infelizmente nós não conseguimos, o e-mail que mandamos acabou sendo muito em cima da hora.

Depois de menos de 5 minutos de caminhada nos deparamos com um paredão, marcado com as pinturas, retratando animais e homens, até uma ilustração de como era a caça naquela época. A MGTV há mais ou menos 30 anos atrás passou um mês estudando e catalogando as imagens, e no paredão principal foram encontradas mais de 120 pinturas diferentes, datadas de 6 a 7 mil anos. Há uma segunda parede que está localizada a poucos minutos da primeira, está em menor escala e com menor número de imagens. Ainda de acordo com os estudos as pessoas que fizeram estas pinturas não moraram no local, foi apenas por um período, estavam de passagem, diferente do que vimos na Cueva de Las Manos, na Argentina. No final do post tem o mapa com a localização.

Sitio Arqueológico Pedra Pintada

Arte rupestre

Sitio Arqueológico Pedra Pintada

Arte rupestre no Sitio Arqueológico Pedra Pintada

Após visitar, carimbar nosso passaporte e comprar doce de mamão e licor de jabuticaba, feito ali mesmo, pela esposa do nosso guia, seguimos pela Estrada Real, dá-lhe terra e poeira! A estrada aqui pelo norte do estado está cada dia mais linda, passamos por uma floresta incrível de – chutarei eu eucalipto – e não demorou muito para entrarmos em Ipoema, iríamos carimbar no Museu do Tropeiro, mas estava fechado, acredito que por e horário do almoço. Sendo assim fomos procurar um restaurante, perguntamos para uma pessoa e não foi difícil encontrar e, por coincidência, era ali mesmo que carimbava. O almoço foi ótimo, como sempre é por essas regiões, mas ainda faltava chão para chegar em nossa casa de hoje, a Pousada Lava Pés, em Itambé do Mato Dentro.

Encontramos a pousada assim que chegamos na rua que tem o mesmo nome, Rua Lava Pés. A recepção tímida nos fez pensar “onde vamos parar o carro”, havíamos esquecido de perguntar sobre isso quando falamos com eles por e-mail. Enquanto manobrávamos o Tdi um menino gritou para dar a voltar no quarteirão para estacionar do outro lado. Feito, Tdi estacionado. Mal descemos do carro uma moça simpática nos recebeu, entramos, conhecemos o nosso quarto, fizemos check-in e descansamos por algumas horas.

Entrada da Pousada Lava Pés

Entrada da Pousada Lava Pés

Rede da Pousada Lava Pés

Ótimo lugar para descansar

Pousada lava pés

Chato passar uns dias aqui, viu!

Saímos do conforto do quarto apenas para procurar onde jantar, sabendo que nessas cidade pequenas tudo fecha cedo, nos adiantamos. Conhecemos o João Eduardo, o dono, muito simpático e atencioso, nos indicou um lugar que seria ótimo e que ele sempre indica, uma senhora que cozinha e serve a refeição no quintal da casa dela. Adorei a ideia e a simplicidade do jantar, mas infelizmente ela estava finalizando uma obra na cozinha e não poderia fazer nada para fora naquele dia. A segunda opção foi um hotel que servia jantar, ele nos levou até lá e aguardamos enquanto o jantar terminada de ser feito.

Quando retornamos para a Pousada Lava Pés, após o jantar, o Eduardo havia nos oferecido fazer um escalda pés relaxante, em um ofurô para os pés. Seria delicioso, mas acabamos não fazendo, esquecemos de agendar. Mas se um dia você fizer, volte aqui e nos conte como foi! 😀

Amanhã é dia de partir, conhecer mais lindas belezas desse Caminho dos Diamantes, rico em natureza.

Ah, veja abaixo o mapa com a localização do Sítio Arqueológico da Pedra Pintada.

EmpresAmigaPara viver a experiência citada acima contamos com o apoio de uma EmpresAmiga, clique aqui para conhecer todas as empresas que de alguma forma nos ajudaram (alimentação, turismo e/ou hospedagem).

Dia a dia

Chegando em Catas Altas, Caminho dos Diamantes

17 de August de 2014
miniatura Catas Altas

A pequena cidade de Catas Altas, localizada a 130km de Belo Horizonte, com seus 5.000 mil habitantes nos recebeu muito bem, povo simples e de olhar curioso quando chegamos e fomos até a praça da cidade, ver a igreja e conhecer um pouco da região. As ruas ainda de pedras, no estilo Pé de Moleque, deixa evidente a história deste lugar. Adoramos passar por aqui.

Assim que chegamos na Pousada e Ecocentro Escarpas do Caraça, que fica afastada poucos quilômetros da cidade, nos deparamos com a grande cadeia de montanhas, e detalhe, era de frente para o nosso quarto! Foi maravilhoso acordar 3 dias de frente para a natureza, onde impera o silêncio, que às vezes é quebrado pelos sons dos pássaros e de um galo cantando. Continue lendo…

Dia a dia

Chegamos em Ouro Preto!

31 de July de 2014
Ouro Preto

Deixamos Congonhas era por volta das 11h da manhã, nosso destino era a cidade de Ouro Preto. Não tínhamos muita noção do que esperar da cidade, mas certamente passaríamos por ela. E para lá fomos, terminar a primeira etapa da Estrada Real, chegaremos ao fim o Caminho Velho.

Logo na saída da cidade uma pedra atingiu o vidro do Tdi, e de acordo com o que buscamos na internet a pedra pegou bem na área crítica do vidro, ou seja, teremos que troca-lo. PQP! Fiquei muito, mas muito brava na hora! Poxa, acabamos de trocar o vidro por conta de outra pedrada que tomamos quando saíamos do Parque Nacional Torres del Paine. E isso implica em mais grana para gastar. Bora vender os copos para levantar uma verba.
Continue lendo…

Dia a dia

Estrada Real – São lourenço | MG

28 de June de 2014
Balanço em São Lourenço

A cada dia em um estado, hoje entramos em Minas Gerais, pelo sul do estado, e nele ficaremos por um bom tempo, até percorrermos os caminhos da Estrada Real. Confesso que não conhecemos nada da cidade, quer dizer paramos para almoçar no centro da cidade, caminhamos pelo centro comercial, descobrimos (sim, só quando cheguei na cidade que a ficha caiu) que a famosa Água Mineral São Lourenço é daqui! Que vergonha!! rsrs

A cidade também é muito conhecida pelo Parque das Águas, mas confesso que não fomos conhecer. Depois do almoço seguimos direto para o que seria o nosso paraíso, a Pousada Maria Flor. Oh, que lugar lindo. Afastado a poucos quilômetros da cidade o que proporciona um tranquilidade e silêncio que sabemos apreciar.

Continue lendo…

Dia a dia

Estrada Real Cunha | SP

27 de June de 2014
Tdi na estrada real

Acordamos, ainda na Pousada Paradiso, descemos para tomar café da manhã e descobrir a real condição da estrada Paraty-Cunha. Esperamos dar 9h e ligamos para o órgão responsável pelas obras do RJ –  (21) 97954-1920, a voz do outro lado nos disse que a estrada poderia ser fechada em algum momento, por pouco tempo, por conta das obras, mas que dava para seguir o caminho sem problemas, ainda mais estando em um 4×4. Ficamos bem mais felizes, isso seria ótimo, e rodaríamos pouco menos que 50km para chegar até nosso destino.

Esperamos dar o horário do almoço dos trabalhadores da estrada e assim evitar ficar parado em algum bloqueio deles, o que deu super certo, saímos por volta das 11:30. Nos despedimos da nossa casinha em Paraty e seguimos rumo a São Paulo, Cunha – a cidade dos fuscas e muito mais.

Continue lendo…

Dia a dia

A caminho da Estrada Real, Paraty | RJ

26 de June de 2014
Ruas de Paraty

Deixamos a praia do Aventureiro e seguimos para a cidade de Paraty. Nós ainda não conhecíamos e ela já estava em nossa rota fazia um tempo, ainda mais depois que decidimos fazer a Estrada Real e começar pelo Caminho Velho, ou seja, começar pela cidade de Paraty.

Chegamos em nossa linda casa pelos próximos dias, a Pousada Paradiso, fizemos o check-in, guardamos o Tdi na garagem deles e subimos para o quarto. Descansar um pouco antes de conhecer mais da cidade.

Continue lendo…

Dia a dia

Baixando a adrenalina após a partida

20 de June de 2014

O tempo não ajudava muito nossa estadia em Ubatuba, nos dois dias seguintes antes de nossa partida, fez um pouco de frio e teve um dia que só choveu. Explicando a fama da cidade em ser chamada de Ubachuva.

Aproveitamos para baixar a adrenalina, acertar os últimos detalhes e colocar no ar nosso primeiro guia para turistas brasileiros a caminho de Torres del Paine no Chile (saiba mais aqui). Tá dando um certo trabalho, mas vale a pena.

Ainda deu para conhecer um restaurante que havia sido dica de amigos, o Refúgio da Louca – valeu a visita por lá – e na última noite pegamos uma dica do pessoal do hostel da esfiharia chamada Ki-Beirute. Vale muito a pena experimentar, das melhores que já comi até hoje.

Continue lendo…

Dia a dia

Cicloturismo em Foz do Iguaçu e Itaipu

10 de March de 2014
Vista do alto da barragem de Itaipu

Nosso último dia em Foz do Iguaçu tinha tudo para ser corrido, a manhã iria começar com 28km de bicicleta pelos arredores da cidade e logo após o almoço, uma vista a Usina Hidrelétrica de Itaipu. Confesso que os 28km pelas estradas da região me assustavam um pouco, achava que não teria condições físicas para tanto.

Novamente nos encontramos com nosso guia na sede da Iguassu By Bike e já partimos para o nosso passeio do dia. Partimos ainda cedo e tivemos a sorte de um dia nublado, o passeio percorreu toda uma região rural próximo ao Parque Nacional do Iguaçu e do aeroporto até voltar a Av. das Cataratas, seguimos em direção a cidade até chegar ao bairro Jd. Novo Horizonte onde visitamos uma cachoeira do rio Tamanduá que flui até encontrar o rio Iguaçu. Após um banho de cachoeira, retomamos nosso caminho de volta a sede do Iguassu by Bike, mas antes fomos provar caldo de cana com açaí, dica do nosso guia. Que delícia!  Continue lendo…

Dia a dia

Passeio de bike no Parque Nacional do Iguaçu

8 de March de 2014
Casal ao lado do mirador das Cataratas do Iguaçu

Poucas semanas antes de chegar em Foz do Iguaçu, havíamos entrado em contato com a agência Iguassu by Bike e nos foi oferecido alguns passeios que eles realizam na região e logo topamos. Já havíamos realizado passeios similares em Bonito, no Mato Grosso do Sul, e em Ushuaia, na Argentina, então estávamos animados para ver como seria.

Chegamos logo cedo na agência e conhecemos todos que trabalham lá, a dona Gisele nos apresentou um pouco do trabalho deles e indicou o Jason como nosso guia do dia. Nos juntamos ao grupo e após adquirir a entrada ao Parque Nacional do Iguaçu, entramos e iniciamos nosso tour pelas estradas que levam os turistas até os pontos de acesso e miradores das cataratas.

Continue lendo…

Dia a dia

Concept Design Hostel & Suites, a diferença em Foz

7 de March de 2014
concept_hd

Fazia muito tempo que isso não acontecia, mas hoje voltamos a passar o dia na estrada foram 10h para chegar em Foz do Iguaçu, desde Curitiba. Chegamos no Concept Design Hostel & Suites era uma 19h e o nosso contato na cidade já estava a nossa procura, amanhã teremos passeio bem cedinho!

Assim que chegamos no Hostel ficamos encantados, ele está aberto a pouco mais de 6 meses e está tudo com cheirinho de novo e pelo cuidado que vimos por aqui ele ficará sempre assim. Nossa casa pelos próximos dias foi realmente aprovada.

Cozinha do Hostel

Cozinha do Hostel

Continue lendo…

Dia a dia

Morada dos Canyons, chalés na Serra Catarinense

26 de February de 2014
Frente de um dos lindos chalés na Serra Gaúcha

Nossa ida para Serra Gaúcha/Serra Catarinense já estava mais que definida e de uma coisa sabíamos, vamos conhecer Parque Nacional Aparados da Serra, onde fica o conhecido Canyon do Itaimbezinho. E nada melhor do que se hospedar à beira da serra, na Morada dos Canyons, para aproveitar ainda mais a região.

Um retiro no meio da serra

Localizada a aproximadamente 650 m.s.n.m, entre os municípios de Praia Grande/SC e Cambará do Sul/RS, na Serra do Faxinal – nas serras catarinenses, divisa com a serra gaúcha – , a Morada dos Canyons fica totalmente imerso no romantismo da natureza. Nossa chegada foi cansativa, pegamos estrada de terra e muitas pedras, sem falar na neblina que dominava a região, o que deixou a surpresa para o dia seguinte, já que a visibilidade baixa impossibilitava apreciar a vista daqui de cima.

Nosso chalé e o Tdi

Nosso chalé e o Tdi

Continue lendo…

Dia a dia

Chegada na Serra Gaúcha, em Canela

24 de February de 2014
parquedocaracol

Saímos da capital Porto Alegre com destino à Serra Gaúcha, iríamos conhecer a cidade de Canela, que fica distante 10km de Gramado. Chegamos na cidade era início da tarde e decidimos seguir direto para o Parque do Caracol.

A entrada custou R$ 12,00 por pessoa, mas há preço especial – metade do preço – para crianças de 6 a 11 anos e idosos, acima de 60. O acesso até a portaria é fácil e bem sinalizado, e esta a 7km do centro de Canela. O acesso para cadeira de rodas, faz do parque um lugar para todos. Nós ficamos por lá um bom tempo, descemos os mais de 700 degraus para chegar pertinho da Cachoeira do Caracol, são 131m de queda.

O Parque conta com vários atrativos como o Mirante e o Observatório Ecológico, de onde você consegue novas vistas da Cachoeira do Caracol. Além de lojas e um restaurante para poder aproveitar o dia bem e carregar as energias para encarar as pequenas trilhas que circulam pelo parque.

Continue lendo…

Dia a dia

Don Ramón, um SPA Relaxante na Serra Gaúcha

24 de February de 2014
donramon

O primeiro olhar para o interior da Pousada SPA Relaxante Don Ramón já deixou bem claro que a hospedagem ali seria tranquila e energizante.

Chegamos no fim da tarde e fomos recepcionados por um dos empregados da pousada, depois de sermos muito bem atendidos e conhecer todas as instalações era hora de ir para nosso quarto e descansar um pouco, mesmo não estando cansados este lugar te faz relaxar mais. Incrível.

Area interna Don Ramon

Area interna Don Ramon

Continue lendo…

Dia a dia

Porto Alegre, dias de descanso!

23 de February de 2014
ruaverde_portoalegre

Porto Alegre foi uma parada estratégica para descansar, simplesmente não fazer nada! Quer dizer, chegamos na correria para ir ao jogo do Grêmio. Saímos de Pelotas com os ingressos comprados, então não tinha desculpas de não ir, ou perderíamos o dinheiro. Mas deu tempo de tudo.

Quando chegamos na Pousada Terra Sul, uma pousada com um ar de hostel, tínhamos pouco tempo para organizar nossas coisas e para ajudar acabamos descobrindo que o estádio do jogo seria o Arena Grêmio, que fica um pouco longe da hospedagem, o jeito foi pegar um taxi – não tem ônibus até lá e não sabemos como é para estacionar o carro, então melhor não arriscar com o Tdi. Mas não saiu caro não, comparado com os preços de taxi de SP.

Chegando na Arena Grêmio

Chegando na Arena Grêmio

Continue lendo…

Dia a dia

Hello Hostel Design, primeiro hostel de Pelotas

22 de February de 2014
hellohosteldesign

Chega a ser estranho quando você busca por um hostel em uma cidade e encontra apenas 1 opção de hospedagem, nesta categoria. Mas foi chegando lá que entendemos o porquê, o Hello Hostel Design é o primeiro hostel da cidade, e certamente chegou para ficar.

Logo que entramos fomos muito bem recebidos pelo dono do hostel, e isso já mostra uma grande diferença. Ser atendido pelo dono do empreendimento mostra que o lugar está bem cuidado e o bom atendimento está garantido. Não foi de outro jeito. Ficamos um pouco tempo conversando com o Saviani, que nos deu ótimas dicas da cidade e acabamos descobrindo que Pelotas tem muito a oferecer, e não apenas uma cidade no caminho até Porto Alegre.  Continue lendo…

Dia a dia

Ah, Brasil! Voltamos!

21 de February de 2014
brasil_chegada

Deixar o Uruguai e entrar no Brasil foi algo realmente emocionante, algo que nos deixou com um sorriso no rosto por certo tempo. A fronteira foi um pouco bagunçada, mas depois de uma hora perdidos conseguimos sair oficialmente do Uruguai, mesmo depois de já ter entrado no Brasil, abastecido, conversar com o guarda da Polícia Federal. Ou seja, foi tudo tranquilo.

Assim que entramos no Chuí passamos em nosso banco para sacar uma grana, agora nada de fazer conversões, as contas ficaram mais fáceis de fazer e de controlar. A única coisa estranha aqui é escutar português para todos os lados, confesso que foi difícil de acostumar, eu toda hora pensava em espanhol, formulava perguntas e respostas em espanhol.

Continue lendo…

Dia a dia

Punta del Diablo, estamos do ladinho do Brasil

20 de February de 2014
pa_uruguai

Punta del Diablo é um povoado de pescadores que valeu a visita e os dois dias que passamos ali descansando, caminhando a beira da praia e aproveitando o hostel Pueblo Arriba. Um ambiente descontraído onde a mesa de ping pong faz sucesso e se forma fila para jogar, é a distração da noite quando não tem nenhuma apresentação no palco do Hostel.

O turismo parece crescer por aqui e muitos brasileiros estão começando a descobrir as praias do Uruguai, descobrindo as belezas e a simplicidade desta terra.

Continue lendo…

Dia a dia

La Balconada Beach Hostel, a beira da praia

18 de February de 2014
beachhostel

La Paloma foi um destino incrível para nós, uma cidade que não conhecíamos. Pequena, tranquila e com um hostel de frente para a praia, o La Balconada Beach Hostel. A cidade está a 240Km da capital Montevidéu e pertinho da fronteira com o Brasil, só 160km! Vale a pena conhecer.

La Balconada Beach Hostel

La Balconada Beach Hostel

De ar despojado e descontraído, o ótimo atendimento que recebemos nos deixou sentindo como se estivéssemos em casa, pra variar, mais uma casa, agora a beira mar. Bem próximo ao hostel está a avenida principal (Av. Solari) e lá você encontra mercados, banco, farmácias, padarias e outras opções de comércio. Além do terminal de ônibus que está a 8 quadras do La Balconada Beach Hostel.

Continue lendo…

Dia a dia

Il Belvedere, sua casa em Punta del Este

16 de February de 2014
ilbelvedere_alta

Sabe aquele lugar em que você deseja passar o resto de suas férias? É o que acontece quando você chega no Il Belvedere, em Punta del Este no Uruguai.

Um lindo campo verde, de frente para a Praia Brava (parada 29) e bem pertinho da Ilha dos Lobos. Sem falar na proximidade do aeroporto, são apenas 30 min de carro até lá, e do centro de Punta del Este, 10 minutos em carro.  Continue lendo…